0 - R$ 0,00

BLOG

Quatro dicas para aproveitar o melhor do sexo 14/08/2020 17h04 | BY Anônimo

98

Melhoria do sono. Fortalecimento dos ossos e músculos. Aumento da disposição. Proteção cardiovascular. Alívio para as crises de enxaqueca. Uma forma interessante de queimar calorias. Um belo up para a autoestima. Esse são só alguns dos benefícios proporcionados pelo sexo. Comprovados cientificamente, é bom destacar.  E o mais importante: nos dá muito prazer! Curtir momentos íntimos com alguém especial deixa tudo melhor. Nesse post, preparamos quatro dicas para aproveitar ainda mais as relações. 



1-Invista em autoconhecimento


Calma, não é papo de coach. Nem palestra. Se conhecer é fundamental. E isso passa pela mente - seus desejos, fetiches, medos, frustrações - e pelo corpo (seus limites, de que forma sente mais prazer, como pode proporcionar satisfação a quem está com você). Simplesmente “seguir o fluxo”, deixando que alguém decida o que é melhor pode trazer concorrências ruins, no presente e no futuro. Você deve saber o que quer e como quer. Ter uma vida sexual ativa é importante para saber o que agrada e o que não é tão legal assim na hora H. Outro ponto: se conhecer ajuda muito a se livrar de preconceitos e regras sociais muitas vezes criadas para gerar constrangimento e anular personalidades. Lembre-se: seja você! 


2-Não tenha medo de ousar e usar a criatividade 


Sexo e rotina, definitivamente, não combinam. Aquela transa “no piloto automático”, sempre  com um roteiro pré-estabelecido, não é nada legal. Criatividade e ousadia, na medida certa, fazem muito bem para o sexo e para o relacionamento. 


Já ouviu falar em roleplay? É quando as duas pessoas fingem ser outras e interpretam personagens. E aqui, vale muita coisa: criar um cenário, caprichar na fantasia e dar asas à imaginação! Você já usou produtos eróticos? Se não, é hora de experimentar. São classificados assim itens que ajudam homens e mulheres a sentir mais prazer nas relações sexuais. E representam a “pimenta” que falta a muitos casais. 


Aumentar o vínculo entre os parceiros  é sempre importante. E experimentar novidades contribui diretamente para isso. Os produtos eróticos podem ajudar na hora de conhecer os desejos do (a) parceiro (a). Quer um exemplo? Os jogos simbolizam uma forma divertida e sensual de esquentar o clima entre quatro paredes. 


São diversas opções, para eles e para elas. 


Super-herói tem que uma boa capa para impressionar. E essa aumenta muito o poder do homem na cama!  A capa peniana tem dois objetivos primários, vamos dizer assim. São eles: aumentar a potência do homem e ampliar o prazer sentido pela mulher. Isso acontece porque a penetração fica mais intensa. Outras utilidades são retardar a ejaculação (como o pênis não está diretamente em contato com a vagina, a fricção do membro é menor, assim, o homem demora um pouco mais para gozar), aumentar o período de ereção (a capa faz uma leve pressão no pênis, diminuindo a velocidade do fluxo sanguíneo, e deixando o membro pronto para jogo durante mais tempo) e de auxiliar homens que tenham disfunção erétil: alguns modelos de capa envolvem todo o membro e contam com cintas para fixação. 


Ela é feita de materiais que garantem aderência ao pênis, como borracha e látex. Também existem os modelos de silicone, material atóxico (não causa alergias e/ou irritações na pele). Funciona como um reforço: deixa o órgão sexual ligeiramente maior, tanto no comprimento, quanto no diâmetro. E esse reforço pode ser entre 2,5 e 7 cm. 


O tamanho da capa normalmente varia entre 12 e 20 cm, e o que facilita a adaptação a vários tipos de pênis é sua flexibilidade. E claro, não faltam opções no mercado. Das mais simples às sofisticadas: comestível, com vibrador, texturas diferentes… O ponto principal é saber escolher a mais adequada. 


Conhecido também como “cock rings”, o anel peniano. é um dos campeões de vendas em Sex Shops. Um dos brinquedos eróticos mais procurados pelos casais justamente por ser simples e ter uma aparência inofensiva. Ótimo para quem quer sair da rotina e apimentar a relação de um jeito simples. Ele é colocado na base do pênis e serve para aumentar a estimulação. Há relatos de que esse brinquedo erótico torna os orgasmos mais intensos. 



Por falar em poder na cama, outra boa pedida são os diversos tipos de gel que aumentam o pênis. O produto deixa o membro maior e mais duro, além de aumentar o tempo de ereção e retardar a ejaculação. A fórmula tem Testosterona, principal hormônio masculino, que aumenta a excitação na hora H. O desempenho sexual será ainda melhor!


Para elas, uma ótima opção é a calcinha tailandesa: peça confeccionada em renda, que além de muito bonita, conta com um cordão em pérolas que massageia o clítoris e o pênis.


E claro, um clássico dos sex shops que elas adoram: o vibrador! Campeão de vendas desse mercado, esse brinquedo erótico foi criado no século XIX, época em que muitas mulheres sofriam de um mal chamado histeria, um distúrbio mental específico e seus principais sintomas eram anestesia, apatia em relação ao mundo exterior, confusão mental, desmaios, falta de ar e múltipla personalidade.  


Em 1869 (esse número é bem sugestivo, a gente sabe… rsrs) George Taylor, médico norte-americano, criou o que mais parecia uma engenhoca da Revolução Industrial: o vibrador a vapor, grande e feito de aço, recebeu o sugestivo nome de “The Manipulator” (O Manipulador, traduzido do inglês). Em 1880, o médico inglês Joseph Mortimer Granville criou o vibrador movido à manivela. 


Nove anos depois, versões mais leves chegavam às casas. Era o tempo de muitas invenções que facilitavam a rotina doméstica, como a torradeira e o ventilador. O vibrador era algo que fazia parte do dia a dia das mulheres. Tanto que era normal ler anúncios em jornais e revistas destacando seus benefícios. “Vibração traz vigor, força e beleza”, “Vibre seu corpo: você não tem mais direito de ficar doente”, “Todo prazer e juventude dentro de você”. 


No início do século XX, em 1902, chegava às lojas o primeiro vibrador elétrico, feito pela empresa norte-americana Hamilton Beach. Esse clássico dos sex shops caiu no conceito das mulheres por volta dos anos 1930.  Nessa época, ele passou a ser o “patinho feio”. Mais uma vez, questões ligadas ao comportamento ajudam a explicar. 


Seu uso nos filmes pornográficos é um dos fatores que fizeram o uso dos vibradores ser mal visto. Outro detalhe importante: por ignorância, muita gente dizia na época que se a mulher gostava de vibrador, esse era um sinal que o marido “não dava conta do recado”. Besteira, claro. Ele voltou com tudo ao mercado nos 1960, de carona com a Revolução Sexual dos anos 1960, movimento que virou comportamentos e regras sociais de cabeça para baixo. 


Conhece os plugs anaisEsses objetos foram projetados para ser deslizados dentro do ânus e ficar lá dentro, sem qualquer incômodo. Ajudam a musculatura anal a se acostumar com uma abertura diferente da habitual. E tem uma vantagem muito interessante: como eles tem um design bem discreto, podem ser usados debaixo das roupas, de maneira discreta, enquanto são realizadas as tarefas do dia a dia. 

 

Para os casais mais ousados, que pensam até em se aventurar em público, o uso do plug anal é uma pimenta a mais na relação… Já pensou? O uso desse sexy toy se tornou comum nos últimos anos. 

 

Outro ponto a favor dos brinquedos eróticos está ligado ao bem estar: cada vez mais bem elaborados, feitos com materiais atóxicos, não causam irritação ou alergia. Alguns deles tem propriedades regeneradoras e hidratantes, e isso faz muito bem para a sua saúde sexual! 

 

3-Faça das preliminares um momento especial 

 

Para entrar em campo, tem que ter aquecimento! Se você gosta de futebol ou já viu uma partida pelo menos uma vez, sabe o quanto isso é importante. 

 

Portanto, esse recado é ainda mais importante para os homens. As mulheres admiram a criatividade, a fantasia, gostam quando o parceiro investe tempo em demonstrar que ela é importante e amada. O sexo para elas começa muito antes de tirar a roupa. É aquele café da manhã especial, um chocolate deixado debaixo do travesseiro, uma mensagem carinhosa no meio da tarde mesmo em uma data comum… tudo isso ajuda a criar o clima perfeito. 

 

Na hora h, também vale caprichar em algo que elas adoram: as preliminares. Nada de pressa! Valorize cada momento do sexo. Deixe o ambiente à meia luz, para criar um clima favorável. Música relaxante também vale. Use seu perfume que ela gosta, sem exageros, claro. Sua parceira valoriza o seu cheiro. Cuide das suas palavras: as mulheres tem ouvidos sensíveis e se excitam com o que ouvem. Esse é um dos principais estímulos para elas na hora da transa.



4-Curta o momento intensamente 

 

Esqueça os ponteiros do relógio, os boletos, o trabalho que ficou acumulado. Nada pode ocupar a sua mente na hora de aproveitar os momentos íntimos. É fundamental estar ali de corpo e alma. Se joga! Aperte o seu corpo contra o (a) do (a) parceiro (a), beije ardentemente, abrace com muita paixão, mostre que você quer aproveitar cada segundo.

 

-----------

 

Sexo é intimidade, carinho, diálogo e disposição para proporcionar prazer ao outro. Assim, a satisfação se multiplica. Tem uma dica diferente sobre isso? Escreve pra gente na seção de comentários! E claro: viva as delícias do sexo e seja feliz!