0 - R$ 0,00

Aviso Sobre Cookies:

Esse site utiliza cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

BLOG

Cinco dicas para uma transa inesquecível! 24/07/2020 12h00 | BY Anônimo

152

O sabor da sua comida predileta. O som da sua música favorita. O perfume da pessoa que você mais ama. As lembranças daquele passeio especial. Esses são alguns exemplos de sensações que fazem muito bem, ao corpo e à mente. E não dá para falar de bem estar sem falar de sexo. Os benefícios dessa prática são amplamente conhecidos e comprovados cientificamente. Melhoria do sono, fortalecimento dos ossos, diminuição do estresse e queima de calorias (isso mesmo: transar é um ótimo exercício!) são alguns deles. 


E tudo o que é bom pode ficar melhor! Para isso, apresentamos algumas ideias para você curtir ainda mais os momentos íntimos com aquela pessoa especial. Confira agora cinco dicas para uma transa inesquecível! 


1-Se entregue e viva o momento intensamente


Sexo é troca: os dois devem estar empenhados em dar e compartilhar prazer. E isso tem tudo a ver com estar ali de corpo e alma. Nada é mais chato do que alguém que não parece estar ligado àquele instante ou cheio de “não me toques”, repetindo a todo momento “assim não, não gosto assim”. Se joga! Aperte o seu corpo contra o (a) do (a) parceiro (a), beije ardentemente, abrace com muita paixão, mostre que você quer aproveitar cada segundo.



2-Esqueça a vergonha

 

Clima quente, tesão lá no alto, carícias rolando naturalmente... tudo pronto para o sexo. Certo? Sim, se você esquecer a vergonha ou medo de expor seu próprio corpo. Nada de evitar determinadas posições ou tentar se esconder. O melhor caminho é o que passa por carinho e cumplicidade. Uma boa conversa também ajuda: prefere o escuro? Sem problema! Há outras opções: a meia-luz também dá um toque romântico e sensual. Sexo também é aceitação: de si e do outro. 

 

3-Experimente Produtos Eróticos

 

Lembra que falamos “tudo que é bom pode melhorar”? Então… os produtos eróticos tem tudo a ver com isso. 

 

Não é de hoje que o ser humano busca maneiras de aumentar sua sensação de prazer durante o sexo. Segundo estudiosos, os gregos, considerados pais da civilização moderna, e egípcios, povo africano que muito contribuiu com o desenvolvimento da humanidade, usavam bananas verdes como brinquedos sexuais. Curioso, não?! 

 

De lá pra cá, muita coisa mudou. Principalmente no comportamento - a libertação da mulher com a Revolução Sexual dos anos 1960, -na ciência - estudos mais detalhados sobre a sexualidade, como as pesquisas do biólogo norte-americano Alfred Kinsey feitas entre as décadas de 1930 e 1960 que resultaram na publicação dos livros Sexual Behavior Of Human Male (“Comportamento Sexual do Homem”) e Sexual Behavior of Human Female (“Comportamento Sexual da Mulher”) - e na tecnologia. 

 

Há diversas opções, para eles e para elas. Começamos com o que pode ser usado pela mulher. Já ouviu falar em Calcinha Tailandesa? É uma peça íntima que une elegância e prazer. O acabamento é feito de renda e cordão de pérolas, que massageia o clítoris e o pênis. Além de tudo isso, veste super bem e é muito confortável. Deixa qualquer noite especial! 

 

Agora é hora de falar de um clássico do mercado erótico e campeão de vendas nos sex shops: o vibrador! Criado no século XIX como forma de tratamento para a histeria (distúrbio mental específico que acometia as mulheres e era muito comum naquela época; seus principais sintomas eram anestesia, apatia em relação ao mundo exterior, confusão mental, falta de ar e múltipla personalidade), esse item foi tão popular quanto eletrodomésticos como torradeira e ventilador. 

 

A associação à pornografia e um toque de machismo - se a mulher contasse com um vibrador em casa, era sinal que o marido “não dava conta do recado” - fizeram com ele fosse esquecido por volta dos anos 1930, mas, a Revolução Sexual, a diversificação dos modelos e o aparecimento em séries como “Sex and City” (num dos episódios mais conhecidos, em 2002) ajudaram para o seu retorno triunfal. O vibrador pode ser colocado na vagina ou no ânus. Também é uma ótima opção para a mulher que quer experimentar a dupla penetração. 

 

Conhece os plugs anaisEsses objetos foram projetados para ser deslizados dentro do ânus e ficar lá dentro, sem qualquer incômodo. Ajudam a musculatura anal a se acostumar com uma abertura diferente da habitual. E tem uma vantagem muito interessante: como eles tem um design bem discreto, podem ser usados debaixo das roupas, de maneira discreta, enquanto são realizadas as tarefas do dia a dia. 

 

Para os casais mais ousados, que pensam até em se aventurar em público, o uso do plug anal é uma pimenta a mais na relação… Já pensou? O uso desse sexy toy se tornou comum nos últimos anos. 

 

Agora, as sugestões para os homens. Primeiro, o anel peniano. Ele também é chamado de “anelzinho da alegria”... e não é à toa. Já pensou em orgasmos mais intensos? Esse objeto pode ajudar (e muito) nisso. Ele é preso na base do pênis ou no escroto e exerce uma pequena pressão, prendendo a circulação. Com o sangue concentrado nos corpos cavernosos, o pênis segue ereto por mais tempo. Melhor que isso: ereto, duro e ligeiramente maior. Nada mal, né?! Há diversos modelos: convencional, com vibrador, estimulador, duplo, de metal, entre outros. 

 

Já pensou em ser um super herói na cama? Com um acessório adaptado das histórias em quadrinhos e dos filmes, fica mais fácil. 

 

A capa peniana tem dois objetivos primários, vamos dizer assim. São eles: aumentar a potência do homem e ampliar o prazer sentido pela mulher. Isso acontece porque a penetração fica mais intensa. Outras utilidades são retardar a ejaculação (como o pênis não está diretamente em contato com a vagina, a fricção do membro é menor, assim, o homem demora um pouco mais para gozar), aumentar o período de ereção (a capa faz uma leve pressão no pênis, diminuindo a velocidade do fluxo sanguíneo, e deixando o membro pronto para jogo durante mais tempo) e de auxiliar homens que tenham disfunção erétil: alguns modelos de capa envolvem todo o membro e contam com cintas para fixação. 

 

Ela é feita de materiais que garantem aderência ao pênis, como borracha e látex. Também existem os modelos de silicone, material atóxico (não causa alergias e/ou irritações na pele). O acessório é um reforço: deixa o órgão sexual ligeiramente maior, tanto no comprimento, quanto no diâmetro. E esse reforço pode ser entre 2,5 e 7 cm. 

 

Por falar em poder na cama, outra boa pedida são os diversos tipos de gel que aumentam o pênis. O produto deixa o membro maior e mais duro, além de aumentar o tempo de ereção e retardar a ejaculação. A fórmula tem Testosterona, principal hormônio masculino, que aumenta a excitação na hora H. O desempenho sexual será ainda melhor!

4-Capriche nas preliminares 

 

Essa dica é principalmente para os homens. As mulheres admiram a criatividade, a fantasia, gostam quando o parceiro investe tempo em demonstrar que ela é importante e amada. O sexo para as mulheres começa muito antes de tirar a roupa. É aquele café da manhã especial, um chocolate deixado debaixo do travesseiro, uma mensagem carinhosa no meio da tarde mesmo em uma data comum… tudo isso ajuda a criar o clima perfeito. 

 

Na hora h, também vale caprichar em algo que elas adoram: as preliminares. Nada de pressa! Valorize cada momento do sexo. Deixe o ambiente à meia luz, para criar um clima favorável. Música relaxante também vale. Use seu perfume que ela gosta, sem exageros, claro. Sua parceira valoriza o seu cheiro. Cuide das suas palavras: as mulheres tem ouvidos sensíveis e se excitam com o que ouvem. Esse é um dos principais estímulos para elas na hora da transa.



5-Abra a mente para experimentar novas posições 

 

Sexo e rotina, definitivamente, não combinam. Aquela transa “no piloto automático”, sempre repetindo um roteiro, não é nada legal. Experimentar é a palavra de ordem. Quer um exemplo? O Sexo Anal. Ao contrário do que muita gente pensa e até diz por aí, não tem nada de vulgar. Muita coisa mudou é preciso se libertar de ideias pré concebidas. Entre quatro paredes, na intimidade do casal, vale muita coisa, desde que haja respeito, consentimento e carinho. Uma coisa é certa: mais do que uma simples posição, essa é uma forma de aumentar a intimidade do casal e tornar as relações mais quentes e interessantes. Existe algum medo? Esqueça! O sexo anal é uma prática que pode ser completamente natural e saudável. O ânus pode receber a penetração sem maiores problemas. É uma prática que pode trazer muito prazer ao casal, desde que os dois tomem os devidos cuidados, como a devida higiene e o uso da camisinha. Deixe a mente à vontade,  Libertem-se!



-----

 

O sexo é um momento de diversão, cumplicidade, autoconhecimento (não é papo de coach: quanto mais você faz, mais vai descobrir do que gosta e do que não gosta, e, acredite, isso é muito positivo) e afeto. Com criatividade e disposição, os momentos com quem você curte podem ser lembrados por um longo tempo. Coloque as dicas em prática e seja feliz!