0 - R$ 0,00

BLOG

QUERO ABRIR O MEU NEGÓCIO SEX SHOP 17/04/2020 12h00 | BY Anônimo

175

Se você já ouviu que, investir em um negócio sex shop pode ser uma opção muito rentável, pode confiar que a fonte é segura! O mercado de produto erótico tem se expandido cada vez e com a utilização crescente da internet, as vendas têm se intensificado significativamente.  

De acordo com um levantamento feito e divulgado pelo jornal Le Parisien, a comercialização de brinquedos eróticos deu um salto significativo desde que explodiu o coronavírus. Algumas empresas, inclusive, chegaram a usar o isolamento como marketing para vender mais produtos e converter clientes. Não somente pelo momento que isolamento social, mas ainda hoje, pessoas tem vergonha de frequentar lojas físicas de sex shop e as lojas online têm saído à frente pela comodidade de poder comprar em casa a qualquer horário e com total anonimato. 

Levando em consideração o cenário nada favorável ou ideal, ver que alguns mercados não foram afetados negativamente e continuam fazendo a “fluxo econômico” girar chega a ser um alívio, já que tantas outras empresas têm sido prejudicadas. Segundo uma pesquisa realizada por um veículo francês, os maiores números de vendas foram nos países com o pior cenário diante a pandemia, como Hong Kong (aumento de 71%) e Itália (aumento de 60%). O aumento global foi de 50%.

Para você que deseja investir no mercado de produtos eróticos, os dados atuais favorecem e muito a abertura de um negócio sex shop. Mas, o que devo fazer antes de abrir o meu empreendimento? Vem com a gente que a Essencial vai te mostrar tudo!

Alguns dados que você deve levar em consideração. 

Os brasileiros tem se familiarizados cada vez mais com o e-commerce de produtos eróticos. Segundo uma pesquisa realizada pelo Compre&Confie, uma empresa de inteligência de mercado focada em e-commerce, produtos sex shop geraram um faturamento de R$14,1 milhões em 2019, cerca de 55,5% maior de 2018. 

E você vai se surpreender com este dado: os homens foram responsáveis por 65% das compras feitas durante o ano passado, enquanto o público feminino realizou 35% das compras. Agora, as suas estratégias de mercado devem levar em consideração também o público masculino, não que antes não era dado a devida atenção. O fato é que, até pouco tempo, o mercado erótico tinha como sua principal persona Mulheres acima de 50 anos. 

E em relação à faixa etária dos consumidores, veja estes números: maior parte das compras são feitas por consumidores que têm entre 26 e 35 anos (34,3%). Seguidos pelos que têm até 25 anos (31,9%) e, em terceiro, aqueles com 36 a 50 anos (25,8%). Por último, os compradores com mais de 51 anos (8%).

Veja como o público mais jovem está mais presente no mercado. E grande parte disso se deve a expansão da internet e a facilidade em obter informações em tempo real e as compras pelo e-commerce. 

Em relação a regiões, o Sudeste sai à frente em relação às compras,  com 66,99% dos pedidos, seguido pelas regiões Sul e Nordeste, que aparecem com 13,1% e 10,1%, respectivamente. O Centro-Oeste fica com 7,3% das compras e o Norte fica em último, com 2,5%.

Obtendo estes dados em mãos, você poderá estruturar o seu negócio visando o público e suas características, assim ficará mais fácil de desenvolver e implantar estratégias de mercado. Tenha em mente, que as atitudes e ações da sua persona (público-alvo) poderão mudar muito rapidamente, e você precisa estar atenta a essas mudanças para atender exatamente a demanda do mercado. 

Para um empreendedor, números e pesquisas de mercado precisam fazer parte do dia a dia, sem as informações da sua persona fica complicado saber exatamente o que você deve trabalhar em suas campanhas de marketing e desenvolvimento de produtos.

Escolha o fornecedor Sex Shop certo para o seu negócio

Após ter acesso a todos os números, é hora de irmos adiante. O próximo passo é a escolha de um bom fornecedor de produtos eróticos. Aqui cabe um pouco mais de pesquisas e análises. 

Para o êxito do seu negócio Sex Shop a correta escolha dos fornecedores é a peça chave para o seu crescimento e manutenção no mercado. E, quando surge a ideia de

ser um(a) revendedor(a) de produtos sex shopumas das primeiras ações é a decisão de qual fornecedor escolher pois, isso implicará consideravelmente no sucesso do seu empreendimento uma vez que, atrasos e não entregas dos produtos irão resultar em descontentamento dos clientes e até mesmo processos judiciais, e nenhum empreendedor deseja passar por dores de cabeça e episódios como estes.

Para encontrar o seu fornecedor, a dica é faça: pesquisas e mais pesquisas sobre o seu possível fornecedor. Em uma pesquisa no Google não escolha somente os primeiros resultados. Faça uma análise precisa e percorra por muitas páginas de pesquisa e clique nos endereços para conhecer o máximo de empresas possíveis. Experimente também a combinação de outras palavras, como revendedor, venda no atacado, distribuidor, depósito, e assim por diante.

Faça uma pesquisa aprofundada fim de analisar todas as avaliações, formas de relacionamento da empresa com os seus clientes/seguidores e tempo de respostas. Uma dica valiosa para você ter informações sobre a reputação do seu possível fornecedor: pesquise no Reclame Aqui.

O Reclame Aqui, é um site direcionado para registros de reclamações dos consumidores. A ideia é tentar uma solução amigável para um determinado problema. Nele, você tem informações como a porcentagem de problemas resolvidos e se foi ou não satisfatório para o consumidor.

Outra estratégia muito válida também é a participação em feiras de negócios para este mercado. São excelentes para fazer networking e fechar negócios a um preço atrativo. Por isso, organize sua agenda e pesquisa as datas para você comparecer a algumas do seu interesse. 



Saiba que, os fornecedores presentes em feiras e eventos maiores, fazem todo um investimento para estarem presentes, de alguma forma, já assegura o profissionalismo deles e a relativa ordem da documentação. Participe desses eventos, frequentados apenas por profissionais do setor, para fazer contatos e até descobrir inovações recentes no mercado. 

Após escolher o fornecedor você precisa investir em uma marca. Tenha a sua própria identidade e posicionamento no mercado. Foque em um marketing digital bem estruturado e direcionado para a sua persona. Caso você não tenha conhecimento com a área, faça cursos ou contrate uma agência para gerir as suas redes sociais e os seus conteúdos. Utilize também estratégias de tráfego pago e invista em impulsionamento, assim mais pessoas poderão conhecer a sua loja online resultando em mais vendas. 

Procure uma boa empresa para as entregas. Atualmente existem inúmeras plataformas de transportadores que realizam entregas em todo o país a um baixo custo. Veja também com os Correios planos acessíveis para o envio das mercadorias. E tenha atenção máxima às embalagens, lembre-se: a grande maioria dos seus clientes optam pelo e-commerce visando o anonimato, por isso tenha cuidados com na hora de escolher os encartes corretos para externalizar o produto interno. 

Desenvolva também ações de Relacionamento com os seus Clientes, como script de atendimento, saudações personalizadas, defina um tempo médio de respostas e invista em um bom pós-vendas. 

Conheça também ferramentas para a estruturação do seu e-commerce. Plataformas de gerenciamento dos produtos, vendas, estoque, financeiro, entre outros. Ou caso você desejar, invista em um site próprio e faça toda a gestão em sua própria plataforma. 

Outra coisa que você precisa se preocupar, é com o registro da sua empresa. Por isso, converse com um contador de sua confiança e veja com ele sobre tributações, impostos, CNPJ. Saiba tudo sobre o mundo jurídico e evite dores de cabeça futura.  

Pesquisa de mercado - ok

Fornecedor - ok

Marketing Digital - ok

Gestão do e-commerce - ok

Transportadora - ok 

Embalagem discreta - ok 

Registro da empresa - ok



Após toda a estruturação da sua empresa, é hora de começar os trabalhos.

Mas algo que não mencionamos acima e que é de extrema importância para a manutenção do seu negócio é a sua Inteligência Emocional. Você já deve er ouvido esta expressão através de Coachs ou em alguma palestra por aí. O fato é que, você precisa cuidar da sua saúde mental frente a num negócio, isso porque a vida de empreendedor é feita por altos e baixos constantemente e, para isso manter o psicológico frente às adversidades fará toda a diferença na gestão da sua empresa. 

Portanto, invista em você e em seu negócio. Nunca se esqueça do equilíbrio necessário para se manter no mercado. Mas, tenha em mente que a cada desafio vencido uma nova experiência será acrescentada à sua vida de empreendedor. 

Nós da Essencial Prazer desejamos muito sucesso para o seu negócio e conte com a gente para ajudar na realização dos seus sonhos! 

Saiba que, no sex shop Atacado da Essencial Prazer, tem uma gama imensa de produto sex shop com o preço, garantia e entrega satisfatória reconhecida pelos nossos clientes.